Você sabe como escolher a escola do seu filho? Veja 7 dicas

As crianças e os adolescentes passam muito tempo na escola, de modo que é essencial encontrar uma instituição que satisfaça as necessidades dos pais ao mesmo tempo em que mantém o estudante interessado no ambiente escolar e no conteúdo das aulas.

Para ajudar você a simplificar essa tarefa, listamos neste artigo os sete principais aspectos que devem ser levados em consideração e como escolher a escola do filho sem medo de errar.

1. Conheça a história e os valores da instituição de ensino para descobrir como escolher a escola do seu filho

Uma ótima maneira de começar a escolher a escola do filho é pesquisar sobre a origem e a trajetória das instituições de ensino em que vocês têm interesse. Pessoas com estilo de vida mais descontraído dificilmente ficarão satisfeitas com escolas e colégios tradicionais, que prezam por costumes e valores com os quais a família não se identifica.

2. Procure conhecer a opinião dos outros pais de alunos

Ao considerar a possibilidade de matricular seu filho em determinada escola, procure conhecer a opinião dos pais de alunos dessa instituição, através de conversas pessoais ou busca por avaliações e depoimentos na internet.

3. Verifique a distância e o trajeto diário

Outros fatores de suma importância a serem considerados são: a distância que seu filho irá percorrer para ir e voltar da escola todos os dias, além do trajeto que ela precisará percorrer diariamente.

Pode acontecer, por exemplo, de a escola localizar-se a poucos quilômetros de casa, mas o caminho que liga os dois pontos ser demasiadamente engarrafado, de modo que vale a pena procurar outra localização.

O tempo destinado a percorrer os trajetos diários pode influenciar muito a qualidade de vida e disposição da criança, podendo torná-la mais ou menos entusiasmada com os estudos. Uma escola renomada, mas que está localizada do outro lado da cidade, demandando horas no percurso diário, pode não valer a pena.

4. Confira o quesito segurança

Todos os fatores ligados à segurança do seu filho devem ser considerados, como a estrutura e conservação das instalações da escola, a qualidade do trânsito, o transporte, o percurso que a criança deve fazer a pé, entre outros fatores.

5. Saiba quais são as ferramentas de ensino usadas

As ferramentas e os métodos de ensino devem ser pesquisados e avaliados, sendo importante certificar-se quanto à atualidade e qualidade do conteúdo que será passado para seu filho dentro da sala de aula.

6. Pesquise o preço da mensalidade e do transporte

Aspectos financeiros precisam ser levados em consideração, uma vez que os gastos com a educação dos filhos comprometem boa parte do orçamento das famílias brasileiras. Além do mais, existe a questão de como o deslocamento será feito: transporte escolar, carro particular, ônibus, mototáxi, Uber etc.

7. Entenda a motivação da criança

De nada adianta todo esse planejamento se a escola não agradar ao principal interessado: o estudante. A opinião dele deve ser o principal termômetro na hora de escolher a melhor escola para seu filho.

Lembre-se, portanto, de garantir que ele faça parte de todas as etapas do processo de escolha da instituição de ensino mais adequada para vocês. Faça-o entender os fatores que levam você a acreditar que tal escola consiste em uma boa opção e esteja aberta para escutar os argumentos do seu filhote.

O que achou deste post? Compartilhe conosco sua opinião e experiência através de um comentário.

Medo de escuro: veja 4 dicas para ajudar a criança a dormir sozinha

As crianças têm uma imaginação fértil que as levam para mundos de faz de conta onde tudo pode acontecer. Porém, não existem só fadas, príncipes e princesas na idealização dos pequenos: há também os monstros, esses, que têm seu lugar garantido dentro de casa: os lugares escuros. O medo de escuro nas crianças é natural e pode começar, em média, aos 3 anos de idade, indo até os 7.

É nessa fase em que as crianças, normalmente, têm medo de ficar no quarto, dormir sozinhas e ir até os outros cômodos da casa, como o quarto dos pais ou banheiro. Mas, como ajudar meu filho a superar esse medo? No post de hoje, você poderá conferir algumas dicas para passar por essa fase e tentar amenizar o pavor das crianças em relação aos ambientes escuros e dormir sozinha sem medo.

1. Deixe uma luzinha acesa

Nada melhor para espantar o medo do que deixar uma luz baixinha e espantar os monstros que assombram os pesadelos infantis. Até a criança dormir, deixe um abajur ou uma luminária acesa e garanta a ela que enquanto estiver acordada, ela não ficará no escuro. Isso ajuda a tranquilizá-la e ajuda a adormecer mais fácil.

2. Providencie uma lanterna

Deixar com que seu filho tenha controle fácil da iluminação também pode ajudar. Coloque uma lanterna em sua mesa de cabeceira ou na cama. Oriente-o para usá-la sempre que estiver com medo, iluminando o ambiente para certificar-se de que não há nada a temer no quarto ou em qualquer outro lugar escuro da casa.

3. Converse com a criança sobre o medo de escuro

Ter uma conversa aberta com seu filho vai ajudá-lo a enfrentar o medo mais fácil e ainda aproximá-lo de você. Pergunte as causas do medo, o que ele acha que o escuro tem e explique os monstros e demais criaturas são fonte da nossa imaginação.

Incentive-o a espantar os monstros, perguntando se ela tem alguma idéia para mandá-lo embora. Use a imaginação para colocar os seres imaginários para correr: pode ser olhando com cara feia, usando uma capa imaginária de proteção, colocando a lanterna sobre ele ou qualquer outra ação que afugente a fera.

Isso trará segurança à criança, aguçará sua imaginação e ajudará a superar o medo mais rápido.

4. Não menospreze seus sentimentos

Dizer frases como: “Que bobagem, isso não existe” ou “Pare com isso, enfrente seu medo e durma no escuro!” pode fazer com que a criança sinta mais medo e ainda fique oprimida em contar com você para ajudá-la. Por isso, sempre tente compreender em vez de minimizar seus sentimentos, fazendo perguntas e incentivando-a a solucionar seus problemas, nunca forçando para que ela enfrente o medo sem uma ajuda.

O medo de escuro é normal na fase infantil, mas a maneira com que os pais lidam com a criança neste período pode trazer resultados bons ou ruins. Ao mesmo tempo em que você encoraja a criança a enfrentá-lo da maneira adequada a faz mais forte e segura de si, menosprezar seus medos pode deixá-la traumatizada até a vida adulta. Por isso, é sempre importante ouvir o que seu filho tem a dizer e incentivar a enfrentar seus medos com paciência e criatividade.

E então, pronto para ajudar seu filho a encarar o medo de escuro? Compartilhe esse post em suas redes sociais e ajude também seus amigos nessa missão com as crianças!

Até que idade a criança deve tirar a soneca da tarde?

A educação dos filhos gera, para muitos, algumas dúvidas e inseguranças. Representa um momento de novas descobertas e muitas surpresas!

É muito comum surgirem nos pais questionamentos em relação ao sono das crianças como: qual o melhor momento para a criança deixar de tirar a soneca da tarde?

Pensando nisso, esse post vem o objetivo de esclarecer algumas dúvidas que os pais possam ter em relação ao cochilo da tarde das crianças!

Importância da soneca da tarde

Durante o sono, acontece a liberação dos hormônios do crescimento e o cérebro do bebê e da criança se desenvolve, por isso dormir é fundamental para o funcionamento do organismo.

Assim como uma boa noite de sono, os cochilos da tarde são muito importantes para a saúde e para o desenvolvimento infantil.

Sem a soneca a criança pode apresentar alguns distúrbios no comportamento, como ansiedade, irritabilidade, lentidão nos movimentos e falta de interesse nas suas atividades.

Vantagens da soneca da tarde

A soneca da tarde traz muitos benefícios para a criança.

Ela aumenta a disposição e o foco, restaura a energia, melhora o humor, amplia os processos cognitivos, além de relaxar.

O sono também tem grande influência no aprendizado, por isso uma noite bem dormida é fundamental para que as crianças apresentem um ótimo desempenho escolar.

Quando a criança deve parar de tirar a soneca da tarde?

Não existe uma idade ideal para que as crianças deixem de tirar as sonecas, esse processo geralmente acontece entre os 3 e os 5 anos.

Para que seja possível que a criança não tire mais um cochilo à tarde, ela precisa dormir um número adequado de horas durante a noite, que varia de acordo com a faixa etária.

Também é muito importante que a criança já tenha um sono mais profundo e sem interrupções durante a noite.

Como identificar se a criança ainda precisa da soneca da tarde?

Existem alguns sinais que podem indicar se o seu filho ainda precisa tirar uma soneca durante o dia.

Quando o cochilo ainda dura 1 hora ou mais, quando ele acorda de manhã com bom humor, mas com o passar do dia fica irritado ou quando fica muito ativo ao final do dia e não se acalma com facilidade.

Outra dica é observar se o seu filho apresenta uma lentidão na coordenação motora conforme o passar do dia e dorme facilmente quando a soneca da tarde é proposta.

Assim como existem alguns sinais de que a criança ainda precisa tirar uma soneca, é possível perceber quando ela não precisa mais também.

Uma dica é observar se a criança dificilmente consegue dormir quando é colocada para dormir a tarde e se ela dorme bem a noite inteira.

É importante também reparar se a soneca está influenciando no sono noturno, por exemplo, quando a criança dorme a tarde ela demora mais do que o normal para pegar no sono a noite.

Outro sinal que indica que a criança pode parar de tirar um cochilo é se ela não apresenta grandes variações de humor durante o dia.

É importante ressaltar que, independente da idade, tirar uma soneca à tarde ou mesmo reservar um tempo para um descanso diário traz muitos benefícios à saúde e ao desenvolvimento!

Faça uma boa avaliação se já está na hora de o seu filho deixar de tirar a soneca da tarde para que isso não o prejudique e nem a você e vocês possam aproveitar melhor o tempo juntos!

Gostou das dicas? Deixe um comentário no post e conte como você lida com a soneca da tarde das crianças!