4 motivos para dar brinquedos educativos para as crianças

Brincadeiras e jogos proporcionam diferentes vantagens para o desenvolvimento de uma criança. A dinamicidade de um jogo pode satisfazer diferentes necessidades, pois eles podem apresentar desafios, incentivar a criatividade, entre outras qualidades.

No mundo atual, cada vez mais, crianças estão presas às novas tecnologias, com isso, brinquedos e brincadeiras tradicionais estão ficando de lado. É preciso identificar, analisar e avaliar o que realmente é necessário e o que está em excesso na vida dos pequenos.

Crianças aprendem muito por meio de jogos educativos, pois desenvolvem a capacidade de analisar, refletir, compreender, enfrentar desafios, tornando-as autônomas e capazes de aprender com mais facilidade diferentes questões. Separamos neste post, 4 grupos de características desenvolvidas por brinquedos educativos para crianças.

A imaginação e a criatividade

Os brinquedos educativos para crianças possibilitam diferentes formas de interação, estimulando na criança processos como a imaginação e a criatividade.

Inventar novas realidades a partir de um brinquedo está cada vez mais difícil, pois vivemos em um mundo na qual as informações chegam, na maioria das vezes, prontas. Por isso, um brinquedo que possibilite que a criança crie, irá desenvolver algo que ajudará ela a enfrentar desafios futuros que exijam dela a criatividade.

Um brinquedo que possibilita o uso da imaginação pode dar a criança diferentes momentos de interação, seja dela com o brinquedo, seja dela com outras crianças. A interação, assim como as outras vantagens é essencial para a convivência em sociedade.

A realidade e os desafios do mundo

Conceitos aprendidos na escola podem ser reforçados com jogos de forma bem mais motivadora. Além disso, conceitos que dificilmente seriam compreendidos apenas por teoria podem ser desenvolvidos de forma divertida com jogos. O jogo é interdisciplinar, ou seja, um mesmo jogo pode incentivar o aprendizado de diferentes áreas necessárias para a formação de um cidadão.

O desafio deve ser um ponto motivador em um jogo no qual, a partir deles se conheça os próprios limites. Em um jogo educativo para crianças é possível aprender a lidar com regras e com a aceitação de resultados negativos. A conviver com o outro e a compreender o mundo real. Assim, há um amadurecimento que irá refletir no enfrentamento dos desafios da vida adulta.

As pessoas e as interações sociais

Para que os efeitos do jogo sejam positivos é preciso se atentar a questões como o fato de que a criança precisa se envolver com o jogo, ter interesse por ele, pelas ações que ele irá proporcionar durante a brincadeira.

Esse é um fator que deve ser levado em conta, pois brinquedos educativos podem ser feitos de acordo com a necessidade da criança e com o momento da vida dela. Mas lembre-se que os pais têm uma função importante nessa interação, eles precisam lançar desafios que levem a criança a procurar ir além. 

Os laços afetivos são reforçados quando se brinca em grupos, por isso, é importante que os pais façam parte desse momento. Entretanto, o adulto não deve participar efetivamente do jogo, quando a intenção é incentivar algum tipo de aprendizado, a criança precisa desenvolver autonomia e não perceber o jogo como um objeto educador e sim como um meio de diversão.

O pensamento, a visão e os significados

As crianças que têm a oportunidade de vivenciar brincadeiras com instrumentos que desenvolvem melhor a capacidade de pensar, de ver e de dar significados as coisas do mundo, ou seja, que proporcionam a liberdade de atribuir significados diferentes para o mesmo objeto, serão cidadãos mais preparados para conviver em sociedade.

As crianças tem no brinquedo as motivações necessárias para o seu desenvolvimento cognitivo. Por isso, os brinquedos educativos sempre terão um espaço essencial na educação.

Crianças transformam qualquer coisa em um brinquedo usando apenas a imaginação. Os pais, como facilitadores destes momentos, precisam saber escolher brinquedos que realmente possibilitem que a criança crie, pense, escolha, construa e desconstrua, ou seja, que ela se desenvolva como cidadão. Portanto, entendemos que o jogo é um instrumento muito importante no processo de ensino-aprendizagem das crianças.

É muito mais legal aprender brincando não é mesmo? Já pensou em como brinquedos educativos são importantes para o desenvolvimento de seu filho? Deixe seu comentário.