Personalização: a importância das atividades entre pais e filhos

Na correria do dia a dia, em que pais precisam trabalhar e o tempo com os filhos é cada vez menor, é significativo pensarmos na importância das atividades entre pais e filhos. Esse é um momento essencial para o fortalecimento de laços duradouros e de suprir a ausência das horas de trabalho.

Brincar é uma necessidade humana e permite que potenciais sejam desenvolvidos, além disso, trabalha com as limitações da mente e do corpo. Logo, a brincadeira entre pais e filhos tem o papel de estimular uma relação em que ambos se conheçam e se reconheçam.

Neste post vamos falar sobre como personalizar as brincadeiras para que a interação entre pais e filhos aconteça sempre que estiverem juntos. Para tanto, precisamos entender que qualquer coisa pode se transformar num brinquedo ou numa brincadeira, por isso, usando a criatividade, pais e filhos podem brincar de diversas formas no dia a dia.

Qual o melhor momento para as atividades entre pais e filhos?

Não existe um tutorial que vá te falar o momento certo, por isso, entendemos que as atividades entre pais e filhos devem acontecer sempre que ambos estiverem dispostos a compartilhar suas emoções e a criarem uma intimidade que só existe na relação fraterna da família.

Não se pode tentar suprir o tempo, que já é pouco, presenteando os filhos com jogos eletrônicos, pois assim, você estimula seu filho a brincar sozinho, aumentando cada vez mais a distância entre vocês. Diferentes especialistas concordam que são as brincadeiras entre pais e filhos que mostram melhores resultados no desenvolvimento das crianças.

Quais brincadeiras estimulam a relação entre pais e filhos?

Diferentes brincadeiras podem estimular uma boa relação entre pais e filhos, porém, algumas delas podem acontecer no dia a dia.

Cantar e ouvir músicas

Pode ser no carro, no caminho da escola ou no preparo de um lanche. Sempre que estiverem perto do seu filho, usem a música para se divertir. Vocês podem brincar de “qual é a música” ou de “complete a música” ou, até mesmo, criar as suas próprias brincadeiras.

Dançar e fazer mímicas

Dá para criar passos de danças que sejam só de vocês e, ainda, aproveitar para mexer um pouco o corpo. Por falar em corpo, brincar de mímica também pode ser uma boa pedida.

Brincar no quintal

No quintal de casa dá para brincar de muita coisa. Você já pensou em participar da amarelinha, do bate bola ou do pique esconde? Pode ter certeza que seus filhos vão adorar dividir com vocês esses momentos de tanta diversão.

Como personalizar um ambiente brincando?

Existem muitas formar de se divertirem, até mesmo organizando objetos e ambientes. Envolver as crianças na hora de organizar os cantinhos da casa pode ser um momento que você nunca pensou que teria com elas. Então aproveite para personalizar o quarto e deixar o ambiente propício para as brincadeiras.

Separem juntos os brinquedos mais usados, etiquete gavetas, exponha num varal os desenhos preferidos. Afinal, obras de arte não devem ser esquecidas no fundo do armário!

Libere espaço no chão, opte por prateleiras que fiquem de fácil acesso para brinquedos e objetos que ajudem no desenvolvimento de seus filhos. O quarto pode ser um bom lugar para brincar com seu filho, por isso, procure personalizar de acordo com as atividades que vocês podem fazer juntos no dia a dia.

Como vimos, qualquer hora pode ser hora de brincar, contudo, o mais importante é que ela aconteça juntos e de forma natural. Pais que brincam com seus filhos criam laços emocionais mais consistentes.

Dizemos que para estar na lembrança do seu filho amanhã, é preciso estar na vida deles hoje!!

Gostou das nossas dicas sobre como atividades entre pais e filhos são importantes? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente suas experiências.

Deixe um comentário

Os campos marcados com "*" são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado no comentário. Agradecemos sua contribuição!"