Guia completo de sono para crianças

Muitos pais se preocupam com o cotidiano dos seus filhos não apenas pelas atividades nas quais estão envolvidos, mas também para que tenham um descanso apropriado ao final do dia. A razão para isso está na importância do sono para crianças, já que ele desempenha um papel fundamental no desenvolvimento delas.

É comum que surjam dúvidas sobre os riscos da privação de sono, a quantidade de horas necessárias de descanso e até mesmo como estimular uma rotina equilibrada de sono. Por essa razão, preparamos um guia completo para esclarecer todas essas questões. Confira!

Qual a importância do sono para o desenvolvimento infantil?

Dormir é uma atividade diária que não se resume apenas a descansar e recuperar as energias depois de um dia cansativo. Pelo contrário: esse hábito necessário e indispensável a todos é fundamental também para se ter um bom funcionamento do organismo e um aumento das defesas do sistema imunológico.

Contudo, na infância o seu papel tem diversos desdobramentos que influenciam o crescimento e o desenvolvimento das crianças — especialmente no âmbito nervoso central, regulando e estimulando a capacidade de atenção, memorização e aprendizado.

Justamente por essa razão é tão importante que elas tenham uma rotina equilibrada de sono. A privação do descanso merecido acarreta problemas como irritação, ansiedade, baixa concentração e cansaço físico e mental. 

Como resultado, os pequenos podem apresentar dificuldades na escola, limitações para socializar com outras crianças e baixo desenvolvimento cognitivo.

Quantas horas por dia as crianças devem dormir?

Definir o período ideal de sono para crianças é uma das dúvidas mais recorrentes entre os pais.

Afinal, você não quer que seus filhos durmam menos do que o recomendado para a idade, mas também teme que a quantidade de horas necessárias seja ultrapassada e isso os afete negativamente, não é mesmo?

Porém, essa incerteza acaba agora. Isso porque a American Academy of Pediatrics, instituição médica de pediatria norte-americana, lançou uma série de diretrizes para pais com as recomendações fundamentais para que a saúde mental e emocional dos menores desenvolva-se adequadamente de acordo com a idade.

Segundo o instituto, o indicado para crianças entre um e dois anos de vida, por exemplo, é de 11 a 14 horas por dia. Já para aquelas entre três e cinco anos, a média é de 10 a 13 horas. Enquanto isso, as crianças de seis a 12 anos devem dormir entre nove e 12 horas. Portanto, é fundamental respeitar esse período de descanso diário.

Qual o melhor horário para dormir?

Agora que você já sabe a quantidade de horas de sono indicada para a faixa etária dos seus filhos, o passo seguinte é definir o horário em que eles vão dormir e acordar.

Mas, para isso, é importante compreender que o período de descanso diário é ajustável à rotina que eles têm. Ou seja, você deve considerar em qual turno vão à escola, se fazem atividades extracurriculares e por aí vai.

Por exemplo, se os pequenos têm por volta de oito anos e suas aulas são pela manhã, sempre às 8h, o ideal é que a rotina de sono deles seja deitar-se às 20h para despertar às 6h.

Isso porque eles não vão dormir de imediato, mas serão induzidos por um ambiente aconchegante e pouca luminosidade. Logo, lá pelas 21h já terão adormecido. Ou seja, dessa forma, eles terão o tempo desejável de descanso para a idade que possuem.

Como garantir a qualidade de sono para crianças?

Como você viu ao longo deste texto, uma boa noite de sono é indispensável para o desenvolvimento sadio dos seus filhos.

Por essa razão, é importante prestar atenção se as crianças têm o descanso adequado diariamente para que não fiquem cansadas e tenham uma baixa no rendimento escolar.

Para isso, você pode adotar algumas dicas simples, porém bastante eficazes, para ajudar e facilitar o sono delas com mais qualidade. Abaixo, nós destacamos três delas:

1. Crie uma rotina

A primeira dica para garantir uma boa noite de sono é criar uma rotina. Isso porque ela é essencial para que a criança possa compreender não apenas o momento de ir à cama, mas também os horários para se alimentar, frequentar a escola, tomar banho e cumprir outras atividades do dia a dia.

Por isso, estabeleça — certificando-se de que está sendo cumprido — o horário para dormir e também para acordar. Afinal, dormir demais também pode prejudicar a qualidade de sono e o bem-estar, deixando-os com cansaço físico e mental.

2. Evite alimentos ricos em cafeína e açúcar à noite

Outra sugestão é evitar que as crianças comam à noite alimentos ricos em açúcar e cafeína, como os industrializados — refrigerante, doces, salgadinhos e biscoitos.

A razão é que essas substâncias funcionam no organismo como estimulantes, gerando picos de energia que farão com que seus filhos fiquem despertos e ativos por mais tempo.

Logo, eles não conseguirão dormir e isso afetará a rotina de sono. Portanto, prefira comidas mais leves, que estimulem a saciedade e não afetem ou prejudiquem o descanso noturno, como mingau de aveia, vitamina de frutas, cereais e iogurtes.

3. Invista em um bom jogo de lençol

Por fim, atente-se à escolha do jogo de lençol, pois ele é um fator indispensável para tornar a cama mais convidativa e aconchegante. Com isso, ele promove o relaxamento e induz o sono nas crianças com mais facilidade.

Por essa razão, as peças devem ser de boa qualidade — preferencialmente 100% algodão, que torna o tecido macio, confortável e que aquece nos dias frios, mas também permite a transpiração adequada nos dias quentes. Tecido 100% algodão também evitar qualquer tipo de alergia que frequentemente surge com o uso de tecidos sintéticos.

Agora que você já sabe sobre os benefícios do sono para crianças e quanto tempo elas devem dormir diariamente de acordo com a idade, não deixe de promovê-lo adequadamente no cotidiano dos seus filhos. Assim, eles terão um desenvolvimento sadio e não sofrerão de problemas ligados a um descanso irregular e desajustado.

E se você gostou deste post, aproveite e assine agora a nossa newsletter para ficar por dentro de tudo sobre o universo infantil!

Deixe um comentário

Os campos marcados com "*" são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado no comentário. Agradecemos sua contribuição!"